Cena #1: Antony Gormley (Reino Unido)

Sutra

Um conjunto de 21 caixas de madeira que se movem, desenhando no palco ambientes impactantes e em constante transformação, compõem o cenário de Antony Gormley para Sutra, peça de dança criada pelo coreógrafo flamengo-marroquino Sidi Larbi Cherkaoui em colaboração com os monges do templo chinês Shaolin. O elenco reúne 17 monges do Shaolin, localizado na província de Henan e considerado o principal templo budista da China.
Sutra estreou em 2008 no Teatro Sadler’s Wells, em Londres, onde foi realizado este registro. O espetáculo é acompanhado ao vivo por uma peça para piano, percussão e cordas do polonês Szymon Brzoska.
A técnica, a força e a espiritualidade dos monges budistas inspiram a coreografia de Sutra e a cenografia de Gormley. As medidas, material e requisitos técnicos das caixas modulares foram cuidadosamente desenvolvidos para acomodar os gestos dos monges e seus tipos físicos diversos. As caixas são usadas como elementos de construção para compor arquiteturas diversas: de casas, templos, montanhas, paredes, prateleiras, câmaras, um cemitério.

Sutra foi captada pela Axiom Films, uma produtora independente de cinema criada em 1997 por Douglas Cummins e Rocio Freire-Bernat. Realiza filmes de arte, documentários e gravações de espetáculos de música, dança e ópera.

AG_Sutra

Antony Gormley revitalizou a imagem humana na escultura por meio de uma investigação radical do corpo como lugar de memória e transformação. A partir de 1990, sua preocupação com a condição humana se expressa em instalações de grande porte que exploram o corpo coletivo e a relação entre o eu e o outro. É conhecido sobretudo por obras públicas como o Quantum Cloud of the Thames, em Greenwich, um dos exemplos mais célebres da escultura contemporânea britânica. Formado em Arqueologia, Antropologia e História da Arte no Trinity College, Cambridge, Gormley estudou na Escola Central de Artes, Goldsmiths College e na Slade School of Art. Participou da Bienal de Veneza em 1982 e 1986 e da Documenta de Kassel 8, em 1987. Em 2012, mostrou esculturas no CCBB de São Paulo e do Rio de Janeiro e em espaços públicos das duas cidades. Ganhou o Prêmio Turner em 1994. Uma retrospectiva de sua obra começa a viajar pela Europa em julho de 2016.

Advertisements