Cena #1: Emma Ransley (Nova Zelândia)

InHABITing Dress 

A videoinstalação explora as propriedades  do traje como elemento performativo e evento espaço-temporal. Na ação, essa peça se transforma à medida em que o tecido é puxado e esticado pela ação da performer, revelando o corpo sob ele.
Transitando entre o teatro, a performance e as artes visuais, o trabalho de Emma Ransley tem como eixo central a noção de que a indumentária é um elemento constitutivo da cena, e nunca uma mera camada externa e decorativa – seu foco está nos pontos de contato entre esse elemento cênico e a vida cotidiana.
As criações da artista frequentemente prescindem da presença de um ator, explorando e evidenciando o traje como centro da ação.
InHABITing Dress foi apresentada na Quadrienal de Praga em 2011 e premiada na categoria melhor figurino para teatro. Em sua declaração, o júri da mostra sublinhou a consistência conceitual do trabalho de Ransley.
ER_Installation photo
Emma Ransley é artista, designer de traje e educadora. Formou-se em Design e Performance em 2009 na Te Kura Toi Whakaari o Aotearoa, Massey University, Nova Zelândia, onde leciona atualmente. Trabalhou para as principais produtoras de cinema, televisão e teatro da Nova Zelândia antes de estender sua pesquisa com figurino aos campos da arte e da performance. Apresentou obras e ações em exposições como Critical Costume (Finlândia, 2015) e Extreme Costume (Quadrienal de Praga, 2011).

Advertisements