Cena #1: Ian Evans (Reino Unido)

Whispers / Sussurros
Em um campo desenhado por sons – uma composição musical inédita, sussurros, vozes e instrumentos musicais –, o movimento provoca a sobreposição ou supressão das diversas camadas sonoras que desenham o espaço, trazendo à vida objetos inanimados. A instalação Whispers, de Ian Evans, propõe ao público uma jornada que integra som e movimento, fundamentos da magia do teatro.
Graças a recursos tecnológicos, painéis de madeira, janelas, objetos e outras superfícies transformam-se em alto-falantes; ao tocar nelas, o visitante produz sutis alterações sonoras. Por meio do toque, da presença e do deslocamento, o público interage sutilmente com o espaço e a trilha, criando suas próprias narrativas.
Performer, produtor, designer e diretor técnico em centenas de produções e montagens de teatro, dança e música, Evans passou por quase todas as áreas da indústria do entretenimento em seus trinta anos de trajetória. Baseada em uma peça musical que o artista começou a compor há mais de vinte anos, Whispers exemplifica sua forma particular de combinar arte, design e tecnologia.
20160416_192949 

Ian Evans é performer, engenheiro, designer de luz e som e diretor técnico. Professor titular de Técnicas Teatrais e de Produção Teatral no Royal Welsh College of Music and Drama em Cardiff, no Reino Unido, ensina prática e tecnologia da cena há vinte anos. Em 2007, na Scenofest 2007, em Praga, foi cocriador do projeto CardboardBox Theatre, com Jean Guy Lecat e Sean Crowley, e Babel TowerEspaços temporários para performance. Foi produtor técnico da Exposição Nacional Britânica Transformation & Revelation (Cardiff, Praga, Edimburgo e Londres, 2011). Membro da OISTAT – Organização Internacional de Cenógrafos, Cenotécnicos e Técnicos, preside sua Comissão de Educação desde 2012. Convidado pelo British Council para pesquisar a formação de técnicos de teatro no Brasil, ministra oficinas de técnica e design de luz e som em São Paulo e em Campinas, desde 2013.

 

 

Advertisements